quarta-feira, 14 de abril de 2010

Geografia moderna

Buscando notícias sobre Curitiba na Net me deparo com uma pérola enorme. Num primeiro momento fiquei em dúvida, mas a burrice parecia tão absurda que precisei ler a matéria inteira para constatar que o infeliz jornalista não sabia a diferença entre Curitiba e Porto Alegre.

Vou me reservar o direito de simplesmente postar a notícia aqui sem fazer comentários sobre o QI do "autor intelectual" da pérola. Deixo para as piadas para o Kibeloco.

Crystal Fashion ferve em Porto Alegre
O burburinho toma conta da capital paranaense nos dois primeiros dias da semana de moda
14/04/2010 fonte: Redação HF / por Andréa Gappmayer /fotos: Karla Gironda
Letícia Birkheuer, Daniela Sarahyba e Sérgio Marone foram os destaques na passarela de Porto Alegre

Letícia Birkheuer, Daniela Sarahyba e Sérgio Marone foram os destaques na passarela de Porto Alegre

Porto Alegre toda em burburinho total com o início do Crystal Fashion na capital paranaense. Na segunda e na terça aconteceram os desfiles das marcas Mixed / Bob Store e TNG / Cavalera.

A Mixed teve a modelo e atriz Letícia Birkheuer arrasando na passarela, abrindo o desfile com um vestido de couro preto de um ombro só. A marca que teve inspiração na Rússia, trouxe como referências peles e cores invernais. O uso de meia calça com temas geométricos foi o toque da produção. A marca mostrou bastante sensualidade e muito couro, que deixa tudo sexy se usado de forma certa.

Bobstore sempre feminina usou muita renda em vestidos e blusas. Para representar a marca a lindíssima Daniela Sarayba, super simpática a modelo esbanjou sorrisos na passarela. A marca usou também como referências o militarismo, rockn'roll, anos 40,50, 80. Um mix geral foi o que a marca apresentou nesse outono/inverno curitibano.

Mixed se inspirou na Rússia, Bobstore e sua coleção sempre feminina, TNG buscou uma pegada mais tribal e Cavalera sempre apostando no mix sexo, moda e rock

Mixed se inspirou na Rússia, Bobstore e sua coleção sempre feminina, TNG buscou uma pegada mais tribal e Cavalera sempre apostando no mix sexo, moda e rock

A marca TNG teve uma trilha sonora muito boa e com a entrada do ator Sergio Marone várias pessoas levantaram em pleno desfile para ver o bofe passar. A coleção em si foi bem interessante, com uma pegada bem tribal. Eles usaram como pano de fundo o Canadá e Alaska. Havia coletes 'fofos' que eu amei e quero para usar com cintos, muito xadrez com uma pegada lenhador.

E quem fechou o segundo dia de desfiles foi a Cavalera, com seu eterno tema: sexo, rock e moda. Tinham colares incríveis que roubavam a cena junto com os jeans super justos. A marca apresentou estampas bem modernas com fundo verde e muito fluor em laranja, rosa e azul. Muita saia e também shorts de couro. Que prometem estar com tudo neste inverno.

http://www.hiperfashion.com.br/home.cfm?pagina=noticia&id=1252

Um comentário:

Giovanna disse...

Quando tiver um tempo, converse com a Esté sobre a geografia na visão do mundo fashion. Ela e a Tia me contaram horrores sobre a falta de noção geográfica do povo da moda.
bjs