quarta-feira, 4 de março de 2009

Mãe Curitibana

Esse mês será anunciado mais uma dado que encherá a cidade de orgulho e, mais uma vez, nos deixará com aquele sentimento, bem curitibano diga-se, que somos primeiro mundo.
Como parte das comemorações pelo aniversário de Curitiba será feito o anúncio que a taxa de mortalidade infantil foi reduzida à 1 dígito, quer dizer, a cada mil crianças nascidas vivas menos de 10 morrem no primeiro ano.
Isso é resultado, principalmente do programa Mãe Curitibana que em 10 anos fez que que a taxa de mortalidade baixasse de 16,6 óbitos por mil nascidos para os números atuais.

Para se ter uma idéia, na Europa, Japão e Eua a taxa é próxima a 11 mortes para cada 1.000. Já no Brasil o número é bem maior, 33 para cada 1.000.

Um comentário:

Giovanna disse...

Agora aguenta....