segunda-feira, 30 de março de 2009

Serviço 156

Faz tempo que sou fã do 156. Comecei a usar o serviço por volta de 2000, ainda na gestão do Cássio Taniguchi (que pelo que me parece funcionava muito melhor) para registrar algumas reclamações de trânsito e logo me tornei um usuário "heavy user" como se diz no marketing.

Já solicitei que multassem veículos estacionados em locais proibidos, reclamações quanto a flanelinhas (por mais que não tenha surtido efeito), denunciei focos de dengue, crianças pedindo esmola, falta de sinalização em cruzamentos, um pouco de cada coisa que achei que pudesse contribuir com a cidade, afinal é muito melhor pedir e depois reclamar que não foi feito que ficar simplesmente reclamando.

Esses dias liguei pois passei em um local que concentrava água parada. Me fizeram um monte de perguntas, inclusive meu mail que eu informei sem maiores prevenções ou preocupações. Hoje recebi uma mensagem sobre as definições para o orçamento de 2010. Fiquei empolgado, pois por mais que minhas sugestões não resultem em nada, posso ao menos sugerir.

Para quem quiser maiores informações estou postando a mensagem aqui. Basta clicar no link e mandar suas sugestões.

Orçamento Cidadão
Agradecemos suas contribuições para o orçamento de 2009 e no uso do 156.

A Prefeitura está iniciando a elaboração do orçamento de 2010 e sua participação é muito importante. O tempo de fazer isso é agora, entre 30 de março e 8 de abril. Acesse o site http://loa.curitiba.pr.gov.br e clique na imagem que anuncia a LDO 2010. Ali poderá registrar suas sugestões.

As consultas e os debates públicos vão acontecer nas Regionais, de 6 a 8 de abril. Suas manifestações já estarão em pauta. Pode conferir ao vivo, na Regional do seu bairro, ou acompanhar pelo site http://www.curitiba.pr.gov.br .

O que voc$ecirc; pensa é importante, reflete na gestão da cidade. E todos ganham em cidadania.

Cordialmente A Prefeitura da Cidade de Curitiba

Um comentário:

Marcelo Lisa disse...

EM BH há o "orçamento" participativo como havia em POA. Também há o "Orçamento participativo digital" que lista umas seis ou sete grandes obras e as distribui por regionais da prefeitura e a população pode votar em pleo menos uma obra por região. Que bom que Ctba também esteja implantando consulta aos cidadãos porque quando mais as gestões ficam democráticas, mais o povo se sente responsável pela sua cidade e cobra pelo bom andamento das obras.